Home

nosso propósito
como nasceu o partir do pão

Reconhecendo o nosso lugar no Corpo de Cristo, conforme 1Coríntios  Cap3, e a missão de proclamar o Reino de Deus, como está escrito em Mateus 22.19que diz: Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo, nós, a Igreja Batista Plenitude de Deus, somos compromissados com a Tríplice Missão da Igreja:

1º Com o Mundo: De ser o arauto de Deus aqui na terra evangelizando e
fazendo o nome e o Senhorio de Jesus Cristo conhecido e reconhecido de todos,
como único e pelo qual somos e seremos salvos;
2º Com os Membros: De ensinar e preparar futuros líderes, capacitando-os
para descobrirem qual a sua vocação no Reino e preparando-os para tal. Desta
forma temos o apoio do Centro Educacional e Teológico FABI, com curso básico,
médio, avançado e bacharelado; Curso de Batismo e Discipulado, além de curso
preparatório para obreiros;
3º Com Deus: Através da oração, louvor e adoração. Oramos a Deus, pois
sabemos que é o canal de comunicação que temos com Ele e que é através da
oração que somos fortalecidos e direcionados pelo Seu Espírito Santo; louvamos
ao nosso Senhor e Redentor com hinos e cânticos, especialmente com as nossas
vidas e adoramos ao Único e Verdadeiro Deus, com os nossos corpos, vidas e
bens, louvando e orando como sinal de gratidão pela Sua obra salvífica e
redentora, através da pessoa de Jesus, o Cristo!

O Projeto “Partir do Pão”, que faz alusão a Atos 2:42 que diz “E perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações”. Considero este versículo como o arcabouço à todos que almejam e tem o chamado para a obra evangelístico e missionário, pois ele trás em seu cerne a tríplice missão da igreja citada anteriormente, e discorrendo nos versículos posteriores vemos como a igreja primitiva cresceu ao compartilhar e ensinar sobre o “Pão da Vida”, que é Jesus, e a “koinonia” (comunhão) que havia entre eles, com base nisto, este projeto consiste inicialmente em quatro Grandes Fases. A primeira fase trata-se de missões urbanas, e divide-se em três partes.

Primariamente, os cultos ao ar livre serão feito em praças ou locais que ajam a
disponibilidade de serem executados, para isto será necessário a divulgação com
antecedência com a distribuição de panfletos e carro de som.
As Cruzadas, por se tratarem de um projeto de média estrutura, dependerão de
local e estrutura própria a ser desenvolvida, pois necessitará, além da divulgação
antecipada, local adequado para montagem de palco, som e gerador de energia.
A Ação Social dependerá primeiramente do apoio de outras denominações para
que seja aproveitado todo aparato humano e material já em desenvolvimento para
que seja implantado todo arcabouço de planejamento e desenvolvimento com
apoio de órgão e entidades seculares, trazendo benfeitorias à comunidade de
execução e continuidade com organização própria. Esta etapa poderá ser
executada a qualquer momento, só dependerá das condições disponíveis para
realização.
Esta fase terá um início simples sem muitos recursos, conforme houver subsídio
será implantado projetos de grande porte.
Os materiais necessários para esta fase atingir o seu auge seria a aquisição de
estruturas metálicas para montagem de palco e tendas, geradores de energia
móvel, veículos de carga para transporte do material, impressões gráficas de larga
escala com vasto material evangelístico e de utilidade pública e um local adequado
para estocagem de material.

Não podemos fechar as nossas bocas nem deixar de falar sobre o amor de Deus e o Seu maravilhoso plano de salvação que é o evangelho. Os filhos de Deus devem avançar e evangelizar sem medo, pois o Senhor nos equipa para essa obra.

Comentários

Comentários